Como solucionar o problema de unhas encravadas

Dependendo do encravamento, você pode tentar solucionar o problema em casa mesmo

Quem nunca passou pelo drama de uma unha encravada? Começa com uma dorzinha e, de repente, não conseguimos mais pisar com o pé no chão. Isso acontece quando a unha afunda na pele ao seu redor, inchando e causando incômodo. E como incomoda, não é mesmo? Mas calma! Hoje a gente tenta te ajudar com dicas sobre o que fazer nesses casos.

Segundo a podóloga Inácia Medeiros, o problema acontece basicamente por dois motivos: hereditariedade e unhas mal cortadas.

No primeiro caso, quando diagnosticado nos primeiros dias de vida da criança, o pediatra recomenda massagens para aliviar a borda da pele e fazer com que a unha siga seu fluxo normal de crescimento. Já se identificado tardiamente, o tratamento é feito com um profissional, que usa métodos para acompanhar o desenvolvimento da unha.

Manicure manuseia alicate em mãos de cliente.
O melhor é prevenir

Na maioria das vezes, segundo Inácia, felizmente, o corte correto, feito por um especialista, resolve o transtorno. Mas todo o stress causado pela unha encravada também pode ser prevenido com algumas medidas simples, como evitar calçados muito apertados e estreitos, por exemplo.

A prática de alguns esportes, como a corrida, contudo, pode piorar o problema de quem já sofre com unha encravada. “Ocorre uma formação maior de calosidade durante o exercício e o impacto prejudica as unhas”, afirma a podóloga.

Encravou. E agora?

Em caso de inflamação, ou seja, quando a pele já está vermelha e você mal consegue andar, a orientação da Sociedade Brasileira de Dermatologia é procurar um especialista.

Se não for o caso, dá pra tentar solucionar o problema em casa. A dica de Inácia é, primeiro, deixar o pé ou a mão de molho por uns 20 minutos em água morna com sal grosso, para amolecer a pele. Depois, tentar levantar o canto da unha encravada e colocar um pedacinho de algodão ou gaze na área de contato com a pele.

Mas atenção para o alerta da podóloga: se a porção de algodão ou gaze for muito grande, causará ainda mais pressão na área, piorando o quadro. Portanto, manere, ok? Arrancar a unha também não é a solução, viu? Nem pense nisso! Ela pode encravar de novo quando crescer.

Passado o infortúnio, procure descansar com os pés para cima. De preferência, com um hidratante bem cheiroso. Seus pés merecem!

COMENTÁRIOS 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook