Cabelos danificados, ressecados ou oleosos: saiba como escolher os produtos certos para seu fio

Descubra qual a necessidade do seu fio e acerte nos cuidados

Uma coisa que a gente ama: desfilar por aí com os cabelos leves e saudáveis. <3 Para isso, vale saber exatamente qual a necessidade dos fios, já que dependemos disso para saber exatamente em que produtinhos investir, né?

Conversamos com a dermatologista Lia Knijnik que nos explicou maneiras de saber se o fio está danificado, ressecado ou oleoso – e ainda deu dicas sobre como tratá-lo em cada uma das situações. Vem com a gente:

Saiba mais:
Linha Match: o seu cabelo do jeito que você quer
Cabelos lisos: como mantê-los saudáveis depois do alisamento

Como recuperar cabelos danificados?

Características

Descolorante, tintura, escova progressiva, uso excessivo de secador ou chapinha: todos esses procedimentos retiram a umidade e os nutrientes, causando danos ao fio. Segundo Lia, os agressores externos agem independente do seu estado natural. Ou seja: seu fio pode não ser originalmente seco, mas os danos vão fazer com que a fibra fique mais porosa e a haste, opaca, causando aquela aparência ressecada e cheia de frizz.

O que fazer?

O recomendado nesses casos é abusar das máscara capilares e dos condicionadores com efeito de nutrição, responsáveis por selar a cutícula do fio, abertas pela exposição. Fique de olho: se o cabelo estivere muito danificado, vale investir na máscara pelo menos duas vezes por semana. Se não for tanto assim, uma vez já é suficiente.

“Mas tem que prestar atenção: não adianta querer recuperar o fio e seguir o submetendo aos danos. Se ele está muito danificado, talvez seja o caso de você diminuir os processos agressivos, principalmente a descoloração e o uso de secador excessivo”, explica Lia.

Viva Linda Indica: O shampoo, condicionador e a máscara capilar da linha Nativa SPA Terapia do Caviar foram criados exatamente para os fios que sofreram muitas agressões externas. Se é o seu caso, vale apostar nesses produtos que restauram os danos dos três últimos procedimentos químicos.

Saiba mais
Pontas duplas: veja como evitar o problema
Hidratação para cabelos secos: como recuperar fios danificados

Como recuperar cabelo ressecado

Características

A dermatologista explica que a diferença entre um fio danificado e um ressecado é que o último não precisa de nenhum agente externo para ter um aspecto poroso e opaco. O que acontece aqui é que a cutícula é naturalmente mais aberta, o que dificulta que a água e os nutrientes permaneçam no fio.

O que fazer?

Investir em produtos que hidratam é indispensável. E um dos produtos-chave na rotina de cuidados é o condicionador – até mais que o shampoo, de acordo com Lia. A dermato indica, inclusive, que dependendo o grau de ressecamento, você escolha um shampoo que tenha pouca ação detergente.

Isso porque a função do shampoo normal é abrir ainda mais a cutícula para limpar os fios e o couro cabeludo, retirando o máximo possível da oleosidade. Já o condicionador age selando as cutículas. E como nos cabelos ressecados elas são naturalmente mais abertas, o produto é superimportante na rotina normal de lavagem.

Outro passo sagrado nos cuidados dos cabelos ressecados é a aplicação de máscaras. E funciona como no caso dos danificados: avalie o grau de desidratação das madeixas para definir a frequência de uso do produto. Mas pelo menos uma vez por semana é imprescindível para devolver a hidratação para o fio, ok? 😉

Viva Linda Indica: Você já experimentou a linha Match Fonte da Hidratação? O ingrediente base é o óleo de coco – uma salvação! A linha toda garante hidratação já na primeira aplicação e, além do  shampoo e do condicionador, conta com uma máscara capilar pré-shampoo com hidratação ultra-potente. Para quem quer investir em uma limpeza mais delicada, mas que mesmo assim garanta a hidratação, a dica é o Match Fonte da Hidratação Condicionador Co-Wash.

mulher mexendo no cabelo crespo
Cabelo oleoso: como cuidar desse tipo de fio

Características

Esse tipo de fio apresenta uma oleosidade excessiva, que confere aspecto pesado, escorrido e de muito brilho – mas não aquele brilho saudável que todas queremos pros fios.

“Nesse tipo de mecha, a oleosidade acaba protegendo contra agressores externos. Os fios oleosos toleram melhor os processos químicos e, apesar de também ficarem danificados, não se comparam a um cabelo seco que se submete a uma descoloração ou a uma progressiva”, explica Lia.

O que fazer?

E quem tem cabelo oleoso sabe que, às vezes, a necessidade de lavar todos os dias fala mais alto. E tudo bem! A dermato explica que a frequência de lavagem depende da quantidade de sebo produzido no couro cabeludo e também de cada pessoa. Aqui, no entanto, vale aplicar mais shampoo e economizar um pouco na máscara e no condicionador. 😉

Viva Linda Indica: A linha Nativa SPA Verbena é ideal para os fios oleosos, controlando o excesso de sebo sem perder a hidratação, leveza e brilho. Inclua o shampoo e o condicionador para equilibrar a produção de óleo no couro cabeludo. 

mulher secando o cabelo
Cabelo oleoso na raiz e seco nas pontas

Um problema muito comum de quem tem as mechas oleosas é lidar com o oposto no mesmo fio: a raiz oleosa enquanto as pontas são ressecadas. É eu caso? Então vem saber:

“Nesses casos, vale até usar produtos diferentes na mesma lavagem: próximo à raiz um shampoo que não precisa chegar até as pontas e, no comprimento e pontas, algo mais suave. Dependendo do ressecamento, vale até investir em uma rotina semanal com a máscara capilar”, ensina.

COMENTÁRIOS 11

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS

  1. Meu cabelo é ressecado e usar máscara até duas vezes por semana foi uma dica legal, eu achava que poderia estragar o cabelo ao invés de ajudar. Desde que lançou a linha match me interessei. Mas, será que preciso estudar os fios do meu cabelo pra encontrar o meu shampoo, poderiam me ajudar? A matéria está muito boa.