Draping: nova técnica de make do momento faz uma releitura do que foi sucesso entre as divas nos 70

O segredo da novidade está na utilização de tons de blush claro e escuro para contorno facial

Assim como algumas divas do passado se recriam para continuar abafando, algumas técnicas de maquiagem antigas também são atualizadas para voltar à moda. Estamos falando do draping, um recurso de contorno facial que foi sucesso nos anos 70, entre gigantes como Cher e Diana Ross, e retorna com tudo numa releitura moderna, que promete um efeito de rosto esculpido e iluminado.

Cantora Cher com efeito de rosto "draping"

 

Cantora e atriz Diana Ross com efeito no rosto draping

 

A diferença dessa técnica está, basicamente, no utilização da blush, em vez da base, para fazer o contorno facial. Assim como o contouring, baking, strobing e chroming, o draping também tem como objetivo ressaltar os pontos mais marcantes do rosto e até disfarçar possíveis imperfeições.

Atriz Cate Blanchett com rosto levemente iluminado
Alerta de diva! Cate Blanchett esquenta o seu look com um saudável tom rosado nas bochechas.
Atriz Charlize Theron dando ênfase na profundidade nas maçãs do rosto
Não acha que a profundidade nas maçãs do rosto deixou o olhar de Charlize com um quê de misterioso?
Gemma Arterton com as maçãs do rosto sobressaltadas
A atriz Gemma Arterton ganhou ares de menina envergonhada nessa make. Mas é tudo disfarce! Que menina tímida não fica poderosa com uma gargantilha dourada (luxo!) no pescoço? 

A novidade da versão atual é a utilização de dois tons de blush: um mais escuro, abaixo da maçã do rosto; e outro mais claro, suavizando as bordas. A ideia é utilizar uma transição ombré pra conseguir um efeito fresh.

Vamos ver como se faz?

Para fazer um draping perfeito, experimente o Duo Blush Plié da nova ‘serie Urban Ballet, da Make B.

Ilustração duo blush pilé
Duo blush plié
Forte ou delicada? A dualidade perfeita para uma pele espetacular. Com textura macia, o Duo Blush Plié proporciona um acabamento suave e natural.

 

Ilustração de como fazer o draping
Draping: contorno facial em 3 passos
Aplique o tom mais escura abaixo da maçã do rosto, utilizando movimentos circulares.
A tonalidade mais clara você aplica um além das bordas do tom mis escuro.
Esfumace a linha divisória, promovendo uma mudança gradativa de tonalidade.

 

A ideia é evitar bordas definidas e promover uma interseção entre as cores. O efeito é de uma pele corada bem natural, iluminada, como se você tivesse acabado de fazer um exercício físico.

Que tal experimentar?

COMENTÁRIOS 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS