Cabelos lisos por opção: saiba como manter os fios saudáveis após o alisamento

Fios quimicamente tratados exigem atenção especial; veja como manter o cabelo liso com mais vida e brilho

Quando o assunto é cabelo, os lisos aparecem como uma grande paixão das mulheres. Mesmo as que não têm os fios superlisinhos por natureza acabam recorrendo às mais diversas técnicas de alisamento para manter o estilo. Se você alisa ou está considerando essa possibilidade, vale a pena estar atenta aos cuidados com os cabelos quimicamente tratados. Não apenas para entender essa mágica que transforma as cacheadas e onduladas em lisas, mas para dedicar uma atenção especial para mantê-los saudáveis, resistentes e cheios de brilho.

E como as madeixas lisinhas são assunto do Espelho da Beleza (aliás, um dos mais comentados do momento), confira algumas dicas de como manter o cabelo liso e dar aos seus fios todo o amor e carinho que eles merecem. 🙂

mulher jovem, morena, de cabelos lisos e longos, encostada sobre o tronco de uma árvore
Fios com química, atenção redobrada

Você já parou para pensar o que acontece com o seu cabelo durante o alisamento? Independente do tipo de fio – afro, cacheado, ondulado – o tratamento químico age da mesma forma nos fios. De acordo com o tricologista Adriano Almeida, a estrutura dos fios é modificada radicalmente após o tratamento: “quando se faz um alisamento, as ligações químicas que mantêm a estrutura dos cabelos são quebradas. Com isso, os cabelos perdem sua configuração original”. Além disso, o uso da chapinha acima de 200 graus durante o processo de alisamento também prejudica a estrutura do fio. “Ao usar a chapinha na temperatura máxima, as fibras capilares são queimadas e o cabelo fica danificado, mas isso só é percebido após um tempo, quando o produto da progressiva começa a deixar os fios”, explica Adriano.

Para minimizar os danos provocados pelos alisamentos, é importante ter cuidados permanentes com os fios para mantê-los hidratados e saudáveis. Veja cinco dicas valiosas para preservar o seu cabelo:

1. Não repita nenhum tipo de alisamento em menos de 5 meses. Se for retocar, o ideal é respeitar o intervalo de 6 meses.

2. Jamais sobreponha dois procedimentos no mesmo dia, como fazer alisamento e mechas de uma vez só. Espere cerca de um mês para submeter os cabelos à química novamente.

3. A gente sabe que a tentação é grande, mas a indicação é não usar chapinha depois de alisar os fios. E nunca dispense a ajuda do protetor térmico. Lave o cabelo com shampoo e condicionador, seque com a toalha e, por último, borrife o produto com os fios ainda úmidos.

4. Faça uma hidratação a cada 15 dias, já que o alisamento resseca muito as pontas dos cabelos e também muda a distribuição da queratina ao longo dos fios.

5. Use apenas shampoos para cabelos quimicamente tratados e evite shampoos anti-resíduos, pois eles diminuem a duração da técnica de alisamento. A linha Blueberry de Nativa Spa é perfeita para repor os nutrientes necessários aos fios com química. É testar e se apaixonar!

Saia da mesmice: varie seu cabelo liso!

Quem já alisou

Mesmo que os alisamentos exijam cuidado redobrado, as mulheres não resistem aos fios lisos. A cirurgiã-dentista Gabriela Meinke, que tinha os fios finos, mas muito volumosos, conta que o alisamento foi a maneira que encontrou de deixar o cabelo mais relaxado: “faço plásticas capilares que, segundo a minha cabeleireira, não agridem os fios, porque não contêm formol. Eles ficam leves e muito hidratados”.

Gabriela Meinke com cabelos loiros, longos e lisos

Já para a corretora de imóveis Camyla Souza, a motivação foi diferente. Como tinha o cabelo crespo, sempre achou que o liso fosse mais prático, mesmo que mantê-lo fosse um pouco trabalhoso: “quando usava o cabelo crespo, dependia dele molhado ou cheio de creme. Se secava, eu prendia. Acho que o cabelo liso fica ajeitado por muito mais tempo”.

Camyla, que já testou escovas progressivas no salão de beleza e até tratamentos caseiros, hoje faz hidratação uma vez por semana e utiliza sempre protetor térmico e reparador de pontas. “Já usei um produto de farmácia no cabelo e ele começou a arder muito, notei que ele estava elástico e quebradiço. Depois tive que correr atrás do prejuízo, fiz vários dias de hidratação e óleos”, lembra ela.

Camyla Souza, com cabelos lisos, curtos e na cor preto

Ao contrário de Camyla, Gabriela nunca teve problemas em função do alisamento e, mesmo assim, não economiza em cuidados: “Sou muito apegada ao cabelo. Antes de dormir, escovo, desembaraço e prendo com uma borracha de algodão para não marcar. Ao lavar, uso shampoo, condicionador e máscara para o meu tipo de cabelo, que também tem luzes. Procuro não esfregar a toalha para não criar nós, depois uso mais um protetor por causa do sol”.

E será que vale mesmo tanto esforço para manter as madeixas lisinhas? Neste ponto, ambas concordam que vale sim, e muito. Olhar-se no espelho e sentir-se linda é a melhor coisa do mundo. 🙂

 

Fotos: Thinkstock e Arquivo Pessoal

COMENTÁRIOS 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS