Elas disseram sim aos cachos e encararam a transição capilar

Inspirações, conselhos e dicas para quem quer assumir os crespos já!

Imagine você nessa situação: por estar em um momento de não curtir seus cabelos cacheados ou crespos, faz tratamentos químicos para alisar os fios. Um belo dia você acorda e resolve que quer voltar ao natural. O problema é que a maioria dos alisamentos são irreversíveis, ou seja, a parte do seus fios que foi alisada pelo menos uma vez ficará para sempre assim. Então, você tem duas opções: cortar toda a química do cabelo e assumir um supercurtinho (conhecido como big chop) ou esperar a raiz crescer e aprender a driblar as duas texturas de cabelo (cacheado na raiz, liso no comprimento).

Ter os cachos de volta não é tão rápido quanto alisar. E no momento em que percebem isso, muitas meninas acabam virando reféns da química e até desistem da vontade de ter os fios naturais novamente. A internet pode ser uma das formas de encontrar forças e compartilhar histórias: o grupo Cacheadas em Transição no Facebook, um dos mais bombados da rede social, tem mais de 100 mil membros buscando informação, motivação e inspiração para superar a transição capilar.

Essas meninas pesquisam e falam tanto sobre seus dilemas capilares nas redes sociais que cabelo cacheado continua sendo um dos assuntos mais comentados segundo o Espelho da Beleza. Então, pega na nossa mão que temos histórias incríveis e dicas que vão mostrar que a transição não precisa ser tão ruim assim – e que dá para ficar linda e radiante até nessa fase!

transicao_capilar

Mariana Muniz, 24 anos, sempre teve os fios crespos e finos. Na adolescência, aos 14, passou a fazer tratamentos químicos porque surgiu o desejo de ter os cabelos lisos. Depois de 10 anos, começou a achar os fios muito danificados e descobriu o aplique como uma alternativa. Mas, quando tirou pela primeira vez, depois de três meses, percebeu que a raiz estava maltratada. O desespero foi tanto que ela recorreu à química novamente. Foi aí que Mariana notou seus cabelos ralos e quebradiços. Não teve dúvidas: a melhor saída seria a transição.

Outros três meses se passaram, com o aplique e os cabelos alisados, até que ela resolveu fazer o big chop, que é cortar toda a parte com química. Pediu ao cabeleireiro um corte que fosse a cara dela. “Fiquei com uns 4 cm de cabelo, mas era saudável e meu! A cada dia amo mais meus fios e meu novo estilo. Agora sou de verdade!”, conta orgulhosa.

transicao_capilar

Nina Gabriella tem 23 anos e é um fenômeno nas redes sociais. Quem vê seus cachinhos maravilhosos e platinados não imagina que ela passou por uma longa fase de transição. Aos 17 anos, Nina tinha a ilusão de que um cabelo bonito não poderia ser supercrespo e começou a fazer tratamentos químicos para “abrir mais os cachos”.

Depois de dois anos, seus fios estavam praticamente lisos. Nina começou a pensar na possibilidade de resgatar os seus cachinhos de vez e decidiu fazer a transição. “Foram dois anos difíceis, com diversos tipos de textura no mesmo cabelo. Tinha raiz enrolada, comprimento ondulado e pontas esticadas. Mas nunca desanimei porque tinha certeza que valeria a pena”, explica.

O que salvou a autoestima de Nina durante a transição foi o modelador de cachos, que ela usava na parte alisada. Enquanto os fios naturais cresciam, Nina modelava a raiz. Com os cachinhos mais crescidos, dois anos depois, ela tomou coragem e cortou as pontas. “Na hora foi um choque, mas a sensação de alívio era muito maior. Agora, quem eu via no espelho era eu mesma e esse sentimento é demais!”, relembra. Hoje ela faz sucesso no YouTube e é inspiração para várias meninas que estão passando pela transição. Veja um vídeo em que ela conta como foi passar por esse processo. 😉

mandamentos_da_transicao

Alguns termos são muito usados no mundo das meninas que querem voltar ao cabelo natural. Quer ficar por dentro do assunto pela internet? Então dá uma estudada nessas expressões! 😉

COMENTÁRIOS 83

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS

  1. Amei a matéria estão de parabéns O Boticário, estou em transição há 6 meses, não é lá tão fácil mais com certeza valerá a pena,e são esses exemplos que nos inspiram, fico feliz do cabelo crespo e cacheado estar tendo destaque cada dia mais, e isso não é modinha é sim liberdade, Ahhh e sou super fã da Nina lindona, arrasa sempre.

  2. AMEI A MATÉRIA !!
    SOU CACHEADA DESDE DE SEMPRE E AMO 😀 OS MEUS ENROLADINHOS..
    – PARABÉNS AS MENINAS QUE ASSUMIRAM OS SEUS CACHOS.
    SOU FÃ DA NINA ACOMPANHO ELA NAS REDES SOCIAS!! LINDA..
    E ISSO AI GENTE VAMOS ASSUMIR NOSSOS CACHOS!! NÓS SOMOS LINDAS E UNICAS :-*

  3. Temos que parar com essa mania de acreditar que cabelos bonitos são os lisos. Cabelos lindos são os cabelos tratados!! Amo cabelos naturais, acho que representa as são pessoas de atitude e originais. A Nina tem cabelos lindos e ela me inspirou a passar pela transição e ainda a adotar cachos platinados. Adorei a matéria!! Arrasaram!!