Cortou a franja e não gostou ou tem medo de adotar? Viva Linda ajuda!

Veja como consertar uma franja que não deu certo e o que você precisa saber antes de escolher a sua

Cabelo cresce, é verdade, mas não é isso que a gente pensa quando olha no espelho e vê pela primeira vez uma franja que não ficou nada legal. :/ Ela pode ficar curta demais, armada demais ou, simplesmente, não se encaixar no formado do rosto. Sim, os riscos são muitos. Aconteceu esse desastre e você não sabe como consertar sua franja ou quer adotar o corte mas não sabe se deve? Tem #socorroVivaLinda pra todo mundo, veja as dicas dos cabeleireiros Adriana Demetrio, Edras Porto e Valéria de Barros! 😉

Antes de apostar na franja, leve em conta:

A textura dos seus fios

Muita gente sabe que cabelo cacheado varia de peso e forma dependendo do comprimento dos fios. Infelizmente o cabeleireiro da assessora de imprensa Carolina Amancio não lembrou disso e a incentivou a cortar “um franjão“, garantindo que ficaria lindo! A franja realmente estava longa quando molhada, mas depois de seca, pluft, subiu dando lugar aos cachinhos bem curtinhos.

Os cabeleireiros explicam: não tem como esperar que a franja fique caidinha em cabelo cacheado. Aposte nela apenas quando o cabelo for todo repicado e a franja for apenas mais uma das camadas. Além disso, lembre-se que os fios encaracolados encolhem quando secos. Por isso, crespas e cacheadas devem apostar na ideia de cortar o cabelo seco para evitar surpresas desagradáveis.

Atriz Érika Januza
O peso dos seus fios

A biomédica Mariana de Souza passou pela traumatizante experiência de ter como resultado do corte uma franja que, digamos assim, ops, armou. O cabelo dela é liso, bastante volumoso e leve, mas a cabeleireira não se deu conta desses detalhes. Não deu outra: a franja subiu depois de seca, ficando supercurta.

Os cabeleireiros explicam: cada fio tem um peso e uma forma de reagir dependendo do seu comprimento. Normalmente cabelos com muito volume ou muito finos ficam mais leves e, por isso, a franja não tem peso para assentar. Atenção para franjas repicadas, que costumam deixar os cabelos mais leves ainda.

Atriz Giovanna Antonelli
A química que tem nos seus cabelos

A jornalista Pauline Machado tem cabelo cacheado, mas estava com os fios sob o efeito de alisantes. Prevenida, ela chegou no salão e mostrou o tipo de franja que não queria: curta. E não é que o cabeleireiro entendeu justamente o contrário? 😛 Com o corte, o cabelo de Pauline pesou menos e a franja que era lisa, ficou encaracolada. Um verdadeiro desastre!

Os cabeleireiros explicam: a química altera a estrutura do fio e isso influencia não só na sua textura como no peso e forma de reagir a cortes. Além disso, é preciso saber que se os seus fios são quimicamente alisados e a sua intenção for mesmo ter uma franja, terá que redobrar os cuidados com a manutenção e alisamento dos fios.

Atriz Adriana Birolli
O formato do seu rosto

Em uma ânsia desesperada por mudança, a profissional de marketing Raissa Schuck foi decidida ao salão de beleza e fez apenas um pedido: radicaliza, amiga! A cabeleireira levou a sério e não teve dúvidas, optou por um corte todo desbastado, que tinha como cereja do bolo uma repicada e moderna franja que não combinou nadinha com o formato do rosto dela.

Atriz Maria Casadevall

Os cabeleireiros explicam: alguns tipos de franja realmente parecem não se encaixar com o formato do rosto.

Para ajudar você a escolher a sua, anote a sugestão dos profissionais:

Já fez e não deu certo? Calma que para tudo tem solução!

1. Um novo corte

Acredite. Existem cortes que podem consertar uma franja mal feita. Converse com um cabeleireiro de confiança e veja como vocês podem dar um jeitinho especial nela. Se a franja estiver repicada ou volumosa demais, a solução pode ser deixá-la mais curtinha. Se for o caso de estar muito curta, a opção é fazer uma franja maior que cubra as mechas menores. Se você achar que não vale fazer um segundo corte, dê uma olhada nos próximos itens! 😉

2. Penteados

Essa é uma boa oportunidade para colocar a criatividade em prática! Quer “anular” a sua franja do look? Aposte em topetinhos feitos com grampos, na tendência do cabelo molhado para trás ou na boa e velha tiarinha. Para deixá-la mais longa, invista em escovas e chapinhas. Se a sua intenção é criar uma ilusão de ótica, pode brincar com a posição da franja colocando-a toda para um lado, misturando-a ou não com o resto do cabelo. Não abre mão da sua franja idealizada? Invista em um aplique sem medo. Veja aqui como essa virou uma supertendência.

Celebridades com penteados com franja
3. Finalizadores

Para ajudar você nessa batalha, aposte em finalizadores que podem ser os seus melhores amigos na hora de dar forma e estilo para a sua franja ou dar aquela disfarçada na bendita enquanto ela não cresce.

produtos finalizadores para a franja cuide-se bem

COMENTÁRIOS 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS