Cortei, e agora? Os cuidados que não podem faltar com cabelos curtos

Conheça histórias de mulheres que aderiram aos fios curtinhos – e amam esse estilo

Você deve ter percebido que, ultimamente, as telonas e telinhas ganharam um protagonista: o cabelo curtinho! Ele que, às vezes, é considerado (equivocadamente) um estilo para as mais maduras, já foi ícone de várias décadas e hoje faz a cabeça de mulheres de todas as idades. Inclusive das celebridades: 2014 foi o ano de ver as principais estrelas desapegando das madeixas longas e apostando nos cortes práticos e cheios de estilo, que voltaram a ser tendência!

as atrizes Natalie Portman e Sophie Charlotte, e a cantora Rihanna com cabelos curtinhos

Não é à toa que cabelo curto é um dos assuntos mais comentados dos últimos dias nas redes sociais, segundo o Espelho da Beleza. É sucesso total! Por isso, conversamos com a cabeleireira Adriana Demetrio para nos ajudar a inspirar quem está em dúvida sobre aderir ou não ao curtinho – e para dar aquelas dicas preciosas para quem já apostou no poder da tesoura.

Funcionais e cheio de estilo, os cabelos mais básicos são fáceis de tratar, lavar e secar, e, ainda por cima, são muito mais práticos para arrumar no dia a dia. E Adriana Demetrio dá a dica: cabelo curto também tem muito potencial para usar e abusar de penteados, basta acertar na escolha dos produtos e dos acessórios. Aposte em leave-in, ceras e ativadores de cachos, de acordo com o efeito que queira dar. Cabelos curtos são uma grande oportunidade para mexer fácil, fácil na forma dos fios! 😉

Pensando em cair de cabeça na tendência, mas não sabe qual corte escolher? Confira as sugestões da expert para cada tipo de cabelo:

– Seus fios são cacheados? Opte pelo chanel, que vai deixar seus cabelos fáceis de serem domados e superversáteis.

– Se você tem fios ondulados, a melhor escolha é o corte estilo joãozinho ou o corte na altura dos ombros, que você pode modelar com mousse e leave-in. As duas opções ficam superbem!

– Você tem crespo? Aposte no curto batido ou no chanel degradê. Cheio de estilo, pode ser mais cumprido se você gosta de volume!

– Os fios são lisos? Sem estresse! Qualquer corte fica bem, seu tipo de fio se adapta a qualquer formato.

Elas aderiram…
as mulheres Veline Vargas, Tania Nielsen, Priscilla Parenti e Julia Patrucco com cabelos curtinhos
À versatilidade

Foi a praticidade que motivou a Tânia Nielsen a adotar os fios curtinhos há cerca de quatro anos. “Leva menos tempo para lavar, secar e arrumar e consigo mudar completamente o estilo de acordo com o meu humor usando apenas uma pomada ou spray”. Adepta da versatilidade, ela conta que gosta de variar a cor tingindo, apostando em luzes ou mechas coloridas. E muda o estilo de corte, no máximo, a cada 45 dias.

Para quem está pensando em fazer como ela, a dica é correr atrás de diferentes cortes para se inspirar, mas não sem consultar um bom expert no assunto. “No Facebook, existem páginas especializadas em cabelos curtos, e é possível encontrar milhares de cortes lindos (e sem toda aquela produção profissional das revistas)”.

Aos cuidados durante a gestação

Quando a Veline Vargas engravidou de sua terceira filha, a pequena Maya, decidiu não manter mais seus longos cabelos sob os danos da química. “Começei a usar o cabelo curto por não poder utilizar nenhuma química em meu cabelo durante a última gestação que tive. Gostei e acabei adotando o visual curto e black power. Antes, eu era totalmente escrava do mega hair e da escova definitiva”.

Hoje, ela recomenda quatro produtos essenciais para cuidar dos fios: shampoo, condicionador, máscara de tratamento e leave-in. “Quem pensa em cortar, vá em frente! É moderno, prático de cuidar, e caso você não se adapte, cabelo cresce de novo, não é”?!

Ao desejo de mudar

A Priscilla Parenti já pensava em aderir aos fios curtinhos há algum tempo, mas a mudança acabou acompanhando a transformação pela qual sua vida passou: ela se mudou para Nova York esse ano. “Cortei há um mês, só tive coragem mesmo aqui em NY!” Ela conta que o estilo, inspirado no corte da cantora Rihanna, é supersimples de cuidar e fica arrumado em poucos minutos. “Passo um leave-in com ele molhado e, quando seca, arrumo com uma pomada para o lado que quero. Às vezes, lavo e saio, e ele seca no caminho, muito rápido! Se quer se sentir diferente e inovar totalmente o visual, vai firme, eu adorei!”

A uma nova marca registrada

“Decidi cortar curto no começo do ano passado. Não aguentava mais o cabelo pesado e caindo loucamente. Chapinha e escova só me davam mais trabalho, e o resultado era sempre uma mesmice”, conta a Julia Patrucco, que um belo dia resolveu mudar – e amou o resultado. “Quando saí do salão, me sentia muito mais leve. É uma liberdade absurda não ser refém de chapinha, escova, tratamentos mirabolantes para alisar, nada… É indescritível!”

Julia conta que planejou bastante antes de cortar. Ela buscou referências em blogs e até criou um álbum no Pinterest com ideias de cortes para decidir qual seria o escolhido. “Outra vantagem é que o cabelo curto evidencia mais o rosto, então dá pra pirar bastante na maquiagem. Até recebi elogios dizendo que o cabelo me deixou com o rosto mais jovem. Me sinto outra pessoa”.

E você, já arriscou ou quer arriscar uma mudança? Lembre-se: não importa qual o seu tipo de cabelo, mudar é sempre bom. Pesquise cortes para o seu tipo de rosto, converse com outras mulheres e com seu cabeleireiro. Tudo vale a pena quando o resultado é você se sentir bonita. 🙂

Fotos: Getty Images e Arquivo Pessoal

COMENTÁRIOS 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS