Cabelo joãozinho: transforme o look com o curtinho da moda

Profissionais revelam seus truques para apostar nesse corte que é pura ousadia

Você sabia que cortar o cabelo é uma boa forma de começar uma transformação na vida? E ter os fios curtinhos é um dos principais desejos de beleza femininos do momento, segundo o Espelho da Beleza. Mas quando as mulheres falam em cortar os cabelos, surge um detalhe em comum: o medo de arriscar em estilos mais radicais, como o clássico joãozinho.

Mulher morena com cabelo joãozinho

Mesmo corte, penteados diferentes: inove no cabelo curto

O estilo bem curtinho, que surgiu nos anos 1960 e fez a cabeça de personalidades como Mia Farrow, Twiggy e Elis Regina, voltou com tudo nesta década e se tornou sinônimo de modernidade e praticidade. Famosas como Miley Cirus, Jennifer Lawrence e Sophie Charlotte viraram exemplos de que é possível assumir o cabelo joãozinho com muita feminilidade e estilo. Foi o que fez a jornalista Bianca Zanella Ribeiro, que há dois meses resolveu trocar o corte na altura dos ombros pelo curtíssimo – e adorou: “As mudanças sempre trazem um brilho novo para a vida da gente, e eu me acho linda até quando acordo de manhã de cabelo em pé!”.

Bianca: "Acho que o visual combinou comigo e me deu a chance de experimentar novas versões de mim mesma!"

Cabelo curto: o que você precisa saber para aderir já!

Para a cabeleireira e visagista Ruth Damaris, a mulher que opta pelo corte joãozinho demonstra atitude e autoconfiança, já que consegue se sentir feminina mesmo sem um cabelão longo. Por isso, a escolha tem mais a ver com a personalidade do que com o formato de rosto ou do tipo de cabelo. Se você tiver o rosto mais arredondado, não precisa fugir do curtinho: a dica é deixar os fios um pouco mais longos no contorno do rosto para suavizar essa característica. As donas de cabelos cacheados ou crespos também podem apostar no corte, que pode ser feito com as laterais e nuca mais batidinhas e os fios mais longos no topo, explica o cabeleireiro Douglas Linhares.

Modelo negra com cabelo joãozinho

10 penteados para cabelos curtos: você cheia de estilo já!

E não é por ser curto que o cabelo joãozinho não exige cuidados: usar um leave-in para hidratar e um protetor térmico antes do contato com o secador continua sendo indispensável. Apesar de prático, ele também exige atenção: “para ficar bonito, requer capricho e uma ‘ajeitadinha’ com mousse ou pomada para ficar com o efeito que eu gosto. Além disso, rapidamente perde o corte, o que exige uma manutenção frequente. Pelo menos, ela é bem mais simples (e barata) do que manutenção de coloração, e nem se compara ao trabalho que dá fazer escova e chapinha em cabelos longos”, explica Bianca.

Modelo com joãozinho platinado e fotos de produtos de O Boticário para cabelos joãozinho

1. Para hidratar: Nativa Spa Leave-In Ultra Hidratante Monoï & Argan
2. Para proteger do calor: Cuide-se Bem Protetor Térmico
3. Para criar penteados e texturas: Cuide-se Bem Mousse para Cabelos Modela e Define

Outra característica desse tipo de corte é a versatilidade. Apesar de não parecer, é possível fazer vários looks só mudando o jeito de pentear: dá pra usar ele mais bagunçado, lambido, trocar o lado da franja e fazer diferentes texturas com a ajuda de produtos como o mousse, o leave in e outros modeladores. De novo, essa escolha depende muito do estilo da dona do cabelo: enquanto as conservadoras tendem a usar os fios mais alinhados, mulheres despojadas e dinâmicas preferem o cabelo mais bagunçado.

Mulher morena com traços orientais e cabelo joãozinho

Cortei, e agora? Saiba os cuidados que não podem faltar com os cabelos curtos

Se você ainda não se convenceu, Douglas e Ruth dão duas dicas valiosas para quem está buscando coragem para aderir ao joãozinho. Além de procurar um visagista, para ele ajudá-la a descobrir se o estilo realmente combina com você, cortar o cabelo aos poucos é uma boa ideia para quem ainda não está segura do visual e quer ir testando como os fios se comportam.

E, claro, não poderia faltar a opinião de quem passou pelo processo: “Se valeu a pena? Eu adorei! Talvez mais para frente eu olhe as minhas fotos de hoje e pense “que cabelo era esse?!?!” (#quemnunca). Isso porque moda é moda, e sobretudo porque, mesmo que eu não esteja nadinha de nada preocupada em seguir tendências, o gosto da gente muda com o tempo. Mas o importante é viver o hoje, e hoje eu me sinto muito bem! Aproveitei e doei as mechas para a confecção de perucas para pessoas com câncer, uma boa ação que não me custou nadinha”, incentiva Bianca.

COMENTÁRIOS 13

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Connect with
with Facebook

COMENTÁRIOS